SACImprensaMapa do Portal A+ R A-
Página Inicial » Observatório » Notícias e Análises » Safra de café poderá ser a segunda maior do Brasil em 2016

Safra de café poderá ser a segunda maior do Brasil em 2016

E-mail Imprimir

Primeiro levantamento da Conab indica produção de até 51,94 milhões de sacas e produtividade média de 26,27 sacas por hectare

O Primeiro levantamento da safra brasileira de café de 2016 estima que a produção brasileira deverá ficar entre 49,13 e 51,94 milhões de sacas de 60 quilos de café beneficiado. Se considerada a média de produção desse intervalo (50,5 milhões de sacas), esta pode ser a segunda maior safra de café da história, ficando atrás da safra de 2012, que foi de 50,8 milhões de sacas. A previsão indica um acréscimo de 13,6% a 20,1% em relação à safra de 2015 que foi de 43,24 milhões de sacas produzidas no País.

Com relação à estimativa de 2016 (Acompanhamento da Safra Brasileira – Primeiro Levantamento 2016) da Companhia Nacional de Abastecimento - Conab, as condições climáticas favoráveis nas principais regiões produtoras de arábica, aliadas ao ciclo de bienalidade positiva da cultura (a planta obtém melhores rendimentos em anos alternados, especialmente o café arábica), beneficiaram as lavouras com ganhos de produtividade e melhoria do produto verificados na maioria das regiões produtoras. Além disso, destacam-se também os investimentos realizados em pesquisa, extensão rural e ensino, em parceria com o setor privado, que têm permitido ao nosso País manter o protagonismo mundial na cafeicultura.

No Brasil, a partir de 1997, com a criação do Consórcio Pesquisa Café, coordenado pela Embrapa Café, a evolução da cafeicultura tem se verificado sistematicamente. A área de cultivo nesse ano era de 2,4 milhões de hectares, a produção de 18,9 milhões de sacas de 60kg e a produtividade de 8,0 sacas/hectare. Passados quase 19 anos, em 2016, a produção estimada será de 50,5 milhões de sacas, 267% maior que 1997, com redução da área de cultivo para 1,9 milhões de hectares. E a produtividade prevista para 2016 está entre 24,84 e 26,27 sacas por hectare, correspondendo a um ganho de 10,4% a 16,8%, em relação à safra passada, tendo como base o Informe Estatístico do Café, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - Mapa.

No plano internacional, se compararmos a produção do Brasil no mercado cafeeiro mundial em 1997 com a de 2015, com base nos dados da Organização Internacional do Café – OIC, em 1997, o nosso País participava com apenas 19% desse mercado e, atualmente, nosso café abastece mais de 30% do mercado global. Ou seja, de cada três xícaras de café consumidas no mundo, uma é brasileira.

Evolução da cafeicultura brasileira a partir da criação do Consórcio Pesquisa Café, de 1997 a 2015

alt

* Segundo a OIC, de 2012 a 2014, a taxa média de crescimento anual do consumo foi de 2,4%. E o consumo mundial de 2015 foi estimado considerando essa mesma taxa.

Produção de arábica e conilon em 2016 - De acordo com a Conab, o café arábica representará 76,8% da produção total de café. Assim, para a nova safra, estima-se que serão colhidas entre 37,74 e 39,87 milhões de sacas. Tal resultado representa acréscimo de 17,8% a 24,4%, que se deve, principalmente, ao emprego de tecnologias e ao aumento de 67.636 hectares da área em produção, à incorporação de novas áreas que se encontravam em formação e renovação decorrente de podas realizadas, especialmente esqueletamentos, e às condições climáticas mais favoráveis.

Quanto à produção de conilon, estima-se que representará 23,2% da produção total de café, estimada entre 11,39 e 12,08 milhões de sacas, com crescimento entre 1,8 e 8%. Esse resultado se deve, sobretudo, à recuperação da produtividade no Espírito Santo, Bahia e em Rondônia, bem como à utilização de mais tecnologias, como o plantio de café clonal, e mais investimentos em modernização das lavouras.

Área de produção – A área plantada com a cultura de café (arábica e conilon) totaliza 2.248.565,8 hectares, praticamente a mesma de 2015. Desse total, 271.047,5 hectares (12,1%) estão em formação e 1.977.518,3 hectares (87,9%) em produção. A área plantada do café arábica soma 1.780.344,7 hectares, o que corresponde a 79,2% da área com lavouras de café. Para a safra de 2016, estima-se crescimento de 0,8% (13.425 hectares). Minas Gerais concentra a maior área com a espécie, 1.207.952 hectares, correspondendo a 67,8% da área ocupada com arábica. Para o conilon, a Conab indica redução de 2,9% na área estimada em 468.221,1 hectares. Desse total, 430.072 hectares estão em produção e 38.149,1 hectares em formação. No Espírito Santo, está a maior área, 286.371 hectares, seguido de Rondônia, com 94.561 hectares, e da Bahia, com 48.614,1 hectares.

Valor Bruto da Produção (VBP) – Em 2015, o VPB de café, divulgado mensalmente pela Secretaria de Política Agrícola – SPA do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - Mapa com base nos preços médios recebidos pelos produtores, foi de R$ 19,445 bilhões e a estimativa para 2016 é de R$ 22,697 bilhões, o que representa acréscimo de 16,7%. 

Acompanhamento da Safra Brasileira de Café - A Companhia Nacional de Abastecimento - Conab realiza anualmente quatro levantamentos da safra do café. O primeiro, que é o presente caso, foi feito nos meses de novembro e dezembro e está sendo divulgado em janeiro. A pesquisa ocorre no período de pós-florada. O segundo, no período da pré-colheita, é feito no mês de maio e os resultados são divulgados no mês de junho. O terceiro levantamento é realizado em agosto e divulgado em setembro, no período de plena colheita nas principais regiões produtoras. O quarto e último levantamento anual é realizado e divulgado em dezembro e, por ser o último da safra, compreende o período de pós-colheita. Como nesse mês a colheita já foi finalizada, as estimativas são corrigidas com os dados consolidados coletados nas principais áreas produtoras de café do País.

Para saber mais sobre a Conab, o Primeiro levantamento da safra do café - Janeiro/2016,  Consórcio Pesquisa Café e a Embrapa Café, acesse:

http://www.conab.gov.br/

http://www.sapc.embrapa.br/arquivos/consorcio/levantamento/2016-levantamento-de-safra-1.pdf

http://www.consorciopesquisacafe.com.br/

https://www.embrapa.br/cafe 

Para assistir ao vídeo "Café tem expectativa de boa safra em 2016, após dois anos de estiagem" clique no link:

https://www.youtube.com/watch?v=MKuUuwrooyQ&index=1&list=PL_1AsgucQzhrCxqv8KNTE1DZUPtfORd3c

 

Gerência de Transferência de Tecnologia da Embrapa Café

Texto: Flávia Bessa - MTb 4469/DF, Jamilsen Santos MTb 11015/DF e Lucas Tadeu Ferreira - MTb 3032/DF

Contatos: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. / 61 3448-4010