SACImprensaMapa do Portal A+ R A-
Página Inicial » Observatório » Notícias e Análises » IX Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil: inovação no conteúdo e no formato inaugura nova tendência de apresentação da pesquisa

IX Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil: inovação no conteúdo e no formato inaugura nova tendência de apresentação da pesquisa

E-mail Imprimir

O evento apresentou e debateu avanços da pesquisa cafeeira, questões de mercado e, pela primeira vez, experiências bem-sucedidas de produtores com aplicação de tecnologias desenvolvidas pelo Consórcio Pesquisa Café

Evento do Consórcio Pesquisa Café - coordenado pela Embrapa Café - realizado a cada dois anos, o Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil sempre teve como característica principal a apresentação e discussão de resultados de pesquisa realizada no âmbito do Consórcio e de cenários da cafeicultura nacional e mundial. A IX edição do evento, realizada de 24 a 26 de junho em Curitiba-PR, debateu, além de pesquisa e oportunidades e desafios, resultados da validação de tecnologias apresentados por produtores de café. Além disso, esta edição, cujo tema foi "Consórcio Pesquisa Café Oportunidades e Novos Desafios", contou com o Instituto Agronômico do Paraná – IAPAR como anfitrião e apoio do Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural – Emater-PR e reuniu mais de 500 participantes de 14 estados brasileiros e Porto Rico e EUA. O evento foi financiado com recursos do Fundo de Defesa da Economia Brasileira – Funcafé.

De acordo com o gerente geral da Embrapa Café, Gabriel Bartholo, a participação de cafeicultores como palestrantes do IX Simpósio foi o grande diferencial da edição. "Acredito que este Simpósio teve uma repercussão muito boa, principalmente porque tivemos o depoimento dos cafeicultores, usuários finais das nossas tecnologias. Eles puderam contar como estão conseguindo melhorar sua atividade com o apoio imprescindível da pesquisa cafeeira. O evento também trouxe informações e conhecimentos para o avanço dos estudos e, ao mesmo tempo, sinalizou novas oportunidades e superação de desafios do setor", explica o gerente. Além disso, segundo ele, o encontro cumpriu com o objetivo de apresentar resultados recentes das pesquisas realizadas pelas instituições integrantes do Consórcio e ainda de promover ampla discussão da comunidade científica com os diversos setores da cadeia produtiva do café para prospectar demandas de pesquisa e garantir aumento da competitividade, melhoria da qualidade do produto e sustentabilidade do setor.

A IX edição do Simpósio inovou também no formato. Até a VIII edição, era de praxe serem ministradas palestras, minicursos, oficinas de trabalho, mesas-redondas e visitas técnicas. A mais recente edição trouxe 22 palestras divididas em oito painéis temáticos, cujo conteúdo está disponível em pdf e em vídeo no site do Consórcio Pesquisa Café. Outra novidade foram as sessões técnicas que abordaram temas atuais e relevantes da cafeicultura. Ainda relacionado às inovações do evento, houve apresentações de banners e stands com divulgação de recentes pesquisas desenvolvidas pela Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais – Epamig, pelo Instituto Agronômico do Paraná – Iapar e pelo Instituto Agronômico – IAC, instituições que integram o Consórcio Pesquisa Café.

As tradicionais apresentações de trabalhos técnico-científicos por pesquisadores e estudantes de instituições consorciadas e demais parceiros da pesquisa cafeeira marcaram presença. Ao total foram 256 trabalhos em pôsteres e 17, em forma oral. Para acessar os resumos expandidos dos trabalhos técnico-científicos apresentados, acesse os Anais do IX Simpósio, no portal do Consórcio.

Grandes temas - Avanços da pesquisa cafeeira, mercado, tendências e oportunidades e desafios para a cafeicultura nacional no País e no mundo foram assuntos discutidos pelo público participante do evento, entre eles pesquisadores, professores, técnicos, extensionistas, cafeicultores, estudantes universitários, dirigentes de cooperativas e associações, empresários, imprensa especializada e representantes do agronegócio café.

Na solenidade de abertura, foi realizada conferência sobre "Consórcio Pesquisa Café – Oportunidades e novos desafios". Os oito painéis que compuseram a estrutura da programação tiveram os seguintes temas e subtemas: Cafeicultura de montanha (Práticas de manejo e Mecanização); Transferência de tecnologias na cafeicultura (Experiências de Minas Gerais, do Paraná e do Espírito Santo); Tendências do consumo de café (Mercado e tendências – enfoque nacional e internacional); Café conilon (Mecanização e Genética e melhoramento); Gestão sustentável da água na cafeicultura (Uso racional da água e Práticas conservacionistas para produção e reservação de água); Café e clima (Clima: diagnóstico e prognósticos para próxima década e Alterações Climáticas e a cafeicultura); Novas oportunidades de negócios (Projeto de Integração de Cafés Especiais e Agregação de qualidade ao café); e Indicações Geográficas: agregando valor ao produto (Experiência da Serra da Mantiqueira e do Norte Pioneiro do Paraná). O evento teve, ainda, cinco sessões técnicas com os seguintes temas: Tolerância à seca e biotecnologia; Produtos de origem biotecnológica aplicados na cadeia produtiva do café; Os novos desafios da cafeicultura familiar brasileira; Nutrição equilibrada do cafeeiro e Opióides do café: identificação, caracterização e potenciais aplicações.

X Simpósio - A ser realizado em 2017, já tem estado definido: será em São Paulo. A escolha do estado ocorreu durante a cerimônia de encerramento da 9º edição do evento, em Curitiba – PR. O diretor do Centro de Café do Instituto Agronômico – IAC, Gerson Silva Giomo, manifestou formalmente o interesse do Instituto em receber o X Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil no ano em que o IAC completará 130 anos de pesquisa cafeeira. A Embrapa Café acolheu e oficializou a instituição como anfitriã da próxima edição do evento.

Sobre o evento - Os Simpósios de Pesquisa dos Cafés do Brasil, realizados pelo Consórcio Pesquisa Café, coordenado pela Embrapa Café, fazem parte da agenda nacional de desenvolvimento científico e tecnológico. Desde 2000, foram realizadas nove edições do evento. Os anais dessas edições estão disponíveis aqui.

Sobre o Consórcio - Criado em 1997, congrega instituições de pesquisa, ensino e extensão localizadas nas principais regiões produtoras do País. O modelo de gestão do Consórcio incentiva a interação das instituições e a otimização de recursos humanos, financeiros e materiais. As instituições fundadoras são: Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola - EBDA, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa, Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais - Epamig, Instituto Agronômico - IAC, Instituto Agronômico do Paraná - Iapar, Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural - Incaper, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - Mapa, Empresa de Pesquisa Agropecuária do Estado do Rio de Janeiro - Pesagro-Rio, Universidade Federal de Lavras - Ufla e Universidade Federal de Viçosa - UFV.

Para saber sobre o Consórcio Pesquisa Café, a Embrapa Café, o Instituto Agronômico do Paraná – IAPAR e o Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural - Emater-PR, acesse:

http://www.consorciopesquisacafe.com.br/

https://www.embrapa.br/cafe

http://www.iapar.br/

http://www.emater.pr.gov.br/

 

Gerência de Transferência de Tecnologia

Texto: Flavia Bessa - MTb 4469/DF e Lucas Tadeu Ferreira - MTb 3032/DF

Contatos: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. / 61 3448-1927