SACImprensaMapa do Portal A+ R A-
Página Inicial » Observatório » Notícias e Análises » Consórcio Pesquisa Café dispõe de um dos maiores bancos de informações e conhecimentos sobre café do mundo

Consórcio Pesquisa Café dispõe de um dos maiores bancos de informações e conhecimentos sobre café do mundo

E-mail Imprimir

É o Sistema Brasileiro de Informação do Café - SBICafé, Biblioteca Digital do Café da Universidade Federal de Viçosa – UFV, que facilita via internet o acesso à produção científica cafeeira.

A Universidade Federal de Viçosa – UFV é uma das instituições fundadoras do Consórcio Pesquisa Café, coordenado pela Embrapa Café e criado em 1997 para promover o desenvolvimento de tecnologias que contribuam com todas as etapas da cadeia produtiva do café no âmbito do Programa Pesquisa Café. O Sistema Brasileiro de Informação do Café - SBICafé, desenvolvido pela UFV como ferramenta auxiliar do Programa de Pesquisa, é um repositório temático de conhecimento científico e tecnológico em café produzido por instituições consorciadas e é voltado especialmente para pesquisadores, cafeicultores e demais agentes do agronegócio café.

O Sistema é também conhecido como Biblioteca Digital do Café e reúne teses e dissertações de mestrado e doutorado, palestras, artigos e ainda trabalhos apresentados em importantes eventos da cafeicultura brasileira. Tem por objetivo unificar e facilitar o acesso à produção científica das instituições consorciadas, contribuindo para a transferência de tecnologias, produtos e serviços ao setor produtivo e agroindustrial do café.

Em quinze anos de funcionamento, o portal do SBIcafé já recebeu mais de 900 mil visitas, contabilizando mais de um milhão de consultas.  Os usuários podem fazer buscas usando diversos critérios, como busca por palavra-chave, autor, data de publicação, tipo de documento, título da publicação, linha de pesquisa etc.

Para falar sobre a trajetória do SBICafé e as contribuições para a pesquisa cafeeira e a cultura do café no Brasil, a Embrapa Café entrevistou o líder do projeto de implantação e manutenção da Biblioteca do Café, o pesquisador Flávio Vieira Pontes, doutor pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG, bacharel em Ciência da Computação pela UFV, analista de tecnologia da informação na UFV e professor de ensino superior.

Embrapa Café: O que motivou a criação do SBICafé? Quais os principais objetivos desse projeto?

Flávio Vieira Pontes: O SBICafé iniciou suas atividades no ano de 2000, no contexto de um projeto apoiado pelo Consórcio Pesquisa Café. O objetivo geral era reunir e facilitar o acesso à produção bibliográfica da área, tendo em vista que estava dispersa e, muitas vezes, inacessível na forma on line. A partir de 2011, ocorreu reformulação do projeto e o SBICafé passou a atuar também como repositório temático da produção científica das instituições que integram o Consórcio Pesquisa Café. Entre os objetivos, unificar e facilitar o acesso à produção científica das instituições consorciadas no que se refere a temas relacionados ao agronegócio café; aumentar a visibilidade, o uso e o impacto dos resultados das pesquisas depositadas; potencializar e acelerar o impacto das pesquisas desenvolvidas em torno do Programa Pesquisa Café, contribuindo para aumentar a sua produtividade, progresso e recompensas; aumentar a transparência dos resultados do investimento em pesquisa, permitindo melhor governança na gestão dos recursos gastos. O SBICafé atua desta forma como instrumento de gestão da informação e do conhecimento produzido, disseminado e utilizado nas e pelas universidades e institutos de pesquisa. Tais objetivos constituem manifestação visível da importância emergente da gestão do conhecimento nas atividades de pesquisa.

Embrapa Café: Como estão reunidas as informações no SBICafé? Qual o acervo da Biblioteca e o principal público interessado?

Flávio Vieira Pontes:

As informações na Biblioteca Digital do Café estão reunidas em seções e coleções, de acordo com o tipo do material (boletins técnicos, periódicos, teses e dissertações, trabalhos de evento científico etc.). As coleções dentro de cada seção permitem organizar os materiais de acordo com a instituição de origem e/ou periodicidade. Nosso público vai desde pesquisadores, professores e estudantes até agricultores e demais agentes da cadeia agroindustrial do café.

Embrapa Café: Quantas publicações sobre café estão cadastradas e como são feitas novas inserções de documentos?

Flávio Vieira Pontes:

A Biblioteca possui hoje cerca de 4.000 documentos disponíveis para acesso, sendo que 1.000 novos itens estão prontos para liberação, o que irá totalizar um acervo de 5.000 documentos. As novas inserções são planejadas em função de trabalho que envolve desde a busca e identificação de novos materiais, articulação com instituições e editores, priorização, organização, digitalização até a efetiva inclusão que envolve a classificação e catalogação dos documentos.

Embrapa Café: Desde a criação até hoje, qual o número total de usuários, acessos e consultas ao acervo do sistema?

Flávio Vieira Pontes:

Nesses 15 anos, o SBICafé já passou por diversas fases, tendo se utilizado de diferentes plataformas tecnológicas, o que dificulta uma estimativa mais precisa. Mas estimamos que tenhamos atendido cerca de 100 mil usuários em mais de 900 mil visitas e mais de milhão de consultas.

Embrapa Café: Quais os resultados gerados e os benefícios para os usuários e a cultura cafeeira?

Flávio Vieira Pontes: O acesso à informação e ao conhecimento produzido é condição básica ao desenvolvimento científico e tecnológico. Nesse sentido, o SBICafé contribui para que o conhecimento adquirido, por meio das pesquisas possam ser disseminado, multiplicando-se e beneficiando a comunidade de pesquisa e a sociedade que a financia.

 

Embrapa Café: Em 2011, foi lançada a nova versão do SBICafé. O que significou essa novidade e quais as perspectivas em relação a novas melhorias, mudanças e inovações? Como o Consórcio Pesquisa Café pode contribuir com o contínuo aprimoramento do SBICafé?

Flávio Vieira Pontes: Em 2011, foi lançada nova versão que, do ponto de vista tecnológico, incorporou o que há de mais moderno em termos de bibliotecas e repositórios digitais. O sistema permite, além da navegação e busca textual, a exploração guiada do acervo por meio de critérios combináveis, como autor, área de conhecimento, data de publicação e tipo de material. Possibilita, dessa forma, "ponte" entre os processos de busca e a navegação. O objetivo é facilitar a recuperação da informação e a satisfação dos usuários.

Com relação às perspectivas futuras, pretendemos aperfeiçoar os mecanismos de captação de novos materiais para enriquecer o acervo. O objetivo é estabelecer canais para receber os materiais de cada instituição consorciada produzidos no contexto do Programa Pesquisa Café. Nesse caso, a ajuda do Consórcio Pesquisa Café será muito importante. Acreditamos que uma política de informação institucional no âmbito do Consórcio poderia facilitar esse trabalho. Além disso, precisamos divulgar para a comunidade  os benefícios relacionados à melhoria na visibilidade e gestão da pesquisa advindos do depósito da produção  técnico-científica  no  SBICafé.

Embrapa Café: O SBICafé também avalia e monitora a produção científica das instituições integrantes do Consórcio Pesquisa Café. Qual a importância dessa gestão do conhecimento nas atividades de pesquisa e como tem sido feito esse trabalho?

Flávio Vieira Pontes: As instituições responsáveis pelo fomento, direcionamento e gestão da pesquisa necessitam de mecanismos mais eficientes para avaliar os resultados dos investimentos realizados, assim como justificar a captação de novos recursos. É notória a necessidade de se rastrear os resultados dos investimentos em projetos e programas de pesquisa.  Nesse sentido, a disponibilização da produção técnico-científica, como output direto da atividade de pesquisa, constitui-se em uma forma de avaliação de resultados. Estamos bem próximos de criar condições para este tipo de gestão. Mas, para que possa se concretizar, precisamos melhorar nossos processos de captação para garantir que toda produção técnico-científica das instituições, no contexto do Programa Pesquisa Café, sejam direcionadas ao SBICafé. Esse é um de nossos objetivos.

Embrapa Café: Há espaço nesse repositório temático sobre eventos importantes da cafeicultura brasileira, como o Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil. Que informações sobre esse evento estão disponíveis, com qual objetivo e o que tem representado a disponibilização dessas informações?

Flávio Vieira Pontes: O SBICafé já disponibiliza o acesso aos trabalhos apresentados e palestras de todas as edições do Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil. Também está em andamento a catalogação de todas edições do Congresso Brasileiro de Pesquisas Cafeeiras. Dessa forma, os usuários do SBICafé têm a possibilidade de fazer buscas em todo este acervo, podendo acessar o conteúdo dos trabalhos apresentados. São materiais que, no passado recente, ficavam restritos aos anais impressos ou CDs. A possibilidade da busca integrada a esse material traz grandes benefícios aos pesquisadores, na medida em que facilita a recuperação da informação a partir do uso da busca textual, critérios de busca e filtros como autor, assunto e data de publicação.

Embrapa Café: Qual sua visão de futuro para o SBICafé?

Flávio Vieira Pontes: Certamente temos muito trabalho pela frente. A produção científica se alimenta ao mesmo tempo em que retroalimenta a pesquisa e o desenvolvimento tecnológico. A tendência natural é o crescimento do acervo potencial da Biblioteca do Café. No entanto, temos alguns desafios pela frente. O principal deles é o modelo de financiamento do projeto. Nosso projeto é tratado como um projeto de pesquisa/extensão na linha temática "Sistemas inovadores de transferência", com data de início e término previsto no contexto dos editais lançados. Entendemos que o trabalho desenvolvido pelo SBICafé é contínuo, transversal e de apoio aos demais projetos e objetivos do Programa Pesquisa Café e que, dessa forma, sua continuidade deveria ser garantida. Além disso, estamos tendo sérias dificuldades no repasse dos recursos aprovados na última chamada.

 

Para saber mais sobre o Consórcio Pesquisa Café, a Embrapa Café, a Universidade Federal de Viçosa – UFV e o Sistema Brasileiro de Informação do Café - SBICafé:

http://www.consorciopesquisacafe.com.br/

https://www.embrapa.br/cafe

http://www.ufv.br/

http://www.sbicafe.ufv.br/

 

Gerência de Transferência de Tecnologia da Embrapa Café

Texto: Clarissa Ratton (9673/DF) e Flávia Bessa (MTb 4469/DF)

Contatos: café Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. e 61 3448-1927