SACImprensaMapa do Portal A+ R A-
Página Inicial » Observatório » Notícias e Análises » Embrapa realiza seminário de café de 20 a 22 de outubro em Ouro Preto, Rondônia

Embrapa realiza seminário de café de 20 a 22 de outubro em Ouro Preto, Rondônia

E-mail Imprimir

A iniciativa conta com o apoio do Consórcio Pesquisa Café e da Embrapa Café e de instituições consorciadas e/ou parceiras, como Incaper, UFV, Sebrae e Emater - RO

Embrapa Rondônia vai realizar, de 20 a 22 de outubro, o Seminário de Colheita e Pós-colheita de Café Canéfora (conilon e robusta). O evento vai reunir pesquisadores e especialistas de café para apresentar, na teoria e na prática, tecnologias de colheita e pós-colheita acessíveis aos produtores para a produção de cafés com qualidade.

A iniciativa conta com o apoio do Consórcio Pesquisa Café, coordenado pela Embrapa Café, e de instituições consorciadas e/ou parceiras, como o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural –Incaper, a Universidade Federal de Viçosa – UFV, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas - Sebrae e a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia - Emater - RO.

Programação – Sobre colheita do café, haverá as palestras "Desafios e perspectivas da cafeicultura de Coffea canephora no Brasil e no mundo", a ser ministrada pelo gerente geral da Embrapa Café, Gabriel Bartholo; "Colheita semimecanizada do café conilon", pelo pesquisador José Luiz Lani, do Incaper; "Melhoramento de Coffea canephora visando a adequação das plantas à mecanização", com a pesquisadora Maria Amélia Gava Ferrão, da Embrapa Café; e "Adequação do sistema de manejo do cafeeiro à colheita mecanizada", com o pesquisador Aymbiré Fonseca, da Embrapa Café.

Sobre pós-colheita do café,  serão apresentadas palestras sobre "Mercado para a produção de café de qualidade", por Paulo Reis Figueiredo, do Departamento Agrícola Nestle; "Resultados preliminares dos estudos de desenvolvimento de tecnologia de pós-colheita de Coffea canephora em Rondônia", pelo pesquisador Enrique Alves, da Embrapa Rondônia; "Melhoramento de café visando o aprimoramento das características físico-químicas e sensoriais", pelo pesquisador Rodrigo Rocha, da Embrapa Rondônia; "Características físicas e químicas do café", a ser ministrado pelo professor da UFV Paulo César Correa; e "Desenvolvimento da cafeicultura no Espírito Santo: planejamento, pesquisa, transferência de tecnologias e desafios", pelo pesquisador Romário Gava Ferrão, do Incaper. Haverá ainda mesa redonda sobre "Desafios para a produção do café com qualidade no Estado de Rondônia", com moderação do pesquisador Aymbiré Fonseca, da Embrapa Café.

No último dia do evento, será realizado treinamento e dia de campo no Campo Experimental da Embrapa Rondônia, em Ouro Preto do Oeste. Na ocasião haverá discussão sobre "Currículo de Sustentabilidade do Café", por Pedro Ronca, da P&A Marketing Internacional e "Colheita Mecanizada e Semimecanizada do café, pelo pesquisador José Luiz Lani, do Incaper. As atividades práticas terão três estações: Estação 1 – Pós-colheita, com o pesquisador Enrique Alves, da Embrapa Rondônia; Estação 2 – Manejo da poda do cafeeiro, com o pesquisador Marcelo Curitiba, da Embrapa Rondônia e Estação 3 – Viveiro e produção de mudas via clonagem, com os pesquisadores José Roberto Vieira Jr. e Gilvan Ferro, da Embrapa Rondônia.

A programação completa pode ser acessada em https://www.embrapa.br/busca-de-noticias/-/noticia/6091644/embrapa-realiza-seminario-de-cafe-de-20-a-22-de-outubro-em-ouro-preto-ro .

Inscrições - Nos dias 20 e 21 de outubro, o seminário será no auditório do Centro de Treinamento da Emater (Centrer), em Ouro Preto do Oeste, na BR 364, km 22. As vagas são limitadas e as inscrições podem ser realizadas no Portal da Embrapa Rondônia, no endereço que dá acesso ao formulário: goo.gl/forms/vUTh4yega0. Já a parte prática será realizada no dia 22, no Campo Experimental da Embrapa em Ouro Preto do Oeste, com um dia de campo. As inscrições para este dia serão realizadas pouco antes do evento, no local.

Cafeicultura em Rondônia – A cafeicultura é uma das principais atividades agrícolas do estado de Rondônia, o quinto maior produtor de café do País e o segundo maior produtor da espécie canéfora. No entanto, ainda há muito a fazer no que se refere à qualidade do café produzido na região. "É preciso despertar os agentes públicos, empresários, técnicos e produtores para a importância de se produzir café com qualidade. Rondônia tem grande potencial para a cafeicultura e precisa investir em qualidade para competir com os grandes produtores", defende o pesquisador da Embrapa Rondônia Enrique Alves.

De acordo com o Terceiro Levantamento da Safra de café realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento – Conab, publicado em setembro de 2015, o Brasil produzirá 42,148 milhões de sacas beneficiadas de 60kg neste ano, sendo 31,295 milhões de sacas de café arábica e 10,853 milhões de sacas de café conilon. Particularmente em relação ao café conilon o estado de Rondônia é o segundo maior produtor do Brasil e produzirá 1,710 milhões de sacas neste ano com produtividade de 19,51 sacas de 60kg por hectare, considerando a área em produção de 87.657 hectares. 

Para saber mais sobre a Embrapa Rondônia, o Consórcio Pesquisa Café e a Embrapa Café, acesse:

https://www.embrapa.br/rondonia

http://www.consorciopesquisacafe.com.br/

https://www.embrapa.br/cafe

Acesse também o Observatório do Café emhttp://www.consorciopesquisacafe.com.br/index.php/consorcio/separador2/observatorio-do-cafe  

 

Gerência de Transferência de Tecnologia da Embrapa Café

Texto: Renata Silva - MTb 12361/MG e Flávia Bessa – MTb 4469/DF (adaptações)
Contatos: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. / (69) 3901-2511