SACImprensaMapa do Portal A+ R A-
Página Inicial » Observatório » Notícias e Análises » Bureau de Inteligência Competitiva do Café divulga edição de maio do Relatório Internacional de Tendências do Café

Bureau de Inteligência Competitiva do Café divulga edição de maio do Relatório Internacional de Tendências do Café

E-mail Imprimir

O relatório analisa e divulga dados e informações que permitem aos agentes da cadeia agroindustrial do café planejar e orientar suas decisões. Está disponível no Observatório do Café e no Centro de Inteligência de Mercados da Ufla

O Bureau de Inteligência Competitiva do Café divulga mais uma edição do Relatório Internacional de Tendências do Café (vol.4 nº 2), referente ao mês de maio de 2015. O documento busca reunir, analisar e divulgar dados e informações que permitam aos agentes da cadeia agroindustrial do café planejar e tomar decisões. Disponível no Observatório do Café, do Consórcio Pesquisa Café, e no Centro de Inteligência de Mercados – CIM, da Universidade Federal de Lavras – Ufla, apresenta, em nível mundial, os principais destaques do agronegócio café e as tendências e conjecturas do setor, com foco na produção, indústria, cafeterias e "insigths". Trata-se de uma iniciativa do CIM, do Departamento de Administração e Economia da Ufla, uma das dez instituições fundadoras do Consórcio Pesquisa Café, coordenado pela Embrapa Café.

Destaques da edição – No quesito produção, o relatório aponta que, apesar da volatilidade das cotações internacionais, muitos países produtores buscam caminhos para aumentar suas exportações, a produtividade das lavouras e a renda dos cafeicultores. Nas áreas produtoras de café da América Latina, Ásia e África, o relatório enfatiza que o cultivo do grão ainda é um importante gerador de empregos e renda para as comunidades locais. E que as exportações dessas regiões produtoras também contribuem para a balança comercial. Por isso, os governos de vários países dessas áreas tentam impulsionar cada vez mais a atividade e, ainda, em alguns locais, os cafeicultores também recebem suporte técnico e financeiro de empresas privadas que atuam na industrialização e comercialização do café.

Em contraponto, nos países desenvolvidos, o documento aponta que a demanda por cafés certificados também cresce com apoio das principais indústrias de torrefação, pois, para cumprir suas metas e garantir a oferta de café certificado, empresas e instituições europeias investem na sustentabilidade das lavouras cafeeiras para atender esse nicho de mercado.

A propósito da indústria, o Relatório Internacional de Tendências do Café afirma que já há algum tempo o mercado de single cups (monodoses) se mostrava promissor, especialmente para grandes empresas. Contudo, com o crescimento expressivo desse mercado e a tentativa de popularização do produto, empresários de pequeno e médio porte entraram no mercado. Ou seja, o aumento de marcas de monodoses tornou esse segmento extremamente competitivo para companhias de qualquer porte.

Outra informação divulgada é a de que, nos países emergentes, a procura por esse mercado de doses únicas está em expansão, a demanda cresce continuamente e diversas empresas estão atentas a esse mercado, que, mesmo em alguns casos demonstrando preferência pelo café solúvel, tem também se mostrado receptivo ao novo mercado das cápsulas (monodoses).

Com relação às cafeterias, a oferta de novos produtos - seja algo inovador para gerar visibilidade na mídia, seja para oferecer produtos a públicos-alvo específicos, ou ainda para aumentar as opções de escolha dos consumidores - é uma estratégia usada na tentativa de conquistar parcela maior do mercado, mostrando a contínua inovação da marca e a preocupação de atender às necessidades de públicos cada vez mais exigentes.

O relatório analisa ainda várias questões relacionadas à evolução da produção, consumo e exportação de inúmeros países, como México, Honduras, Nicarágua, Colômbia, Brasil, Camarões, Quênia e Zimbábue, além de grandes empresas que atuam no processamento, torrefação e varejo do café de diversas procedências, entre outros assuntos relevantes de interesse dos agentes da cadeia agroindustrial do café em nível mundial para que possam planejar e melhor tomar suas decisões.

Bureau de Inteligência Competitiva do Café - As atividades são realizadas no Centro de Inteligência em Mercado – CIM, sediado na Universidade Federal de Lavras – Ufla, com apoio do Pólo de Excelência do Café. Atualmente o Bureau integra a Agência de Inovação do Café – InovaCafé, organização gerenciada pela Ufla para integrar os conhecimentos das diferentes áreas relacionadas ao café e criar soluções e inovações para o setor.

Observatório do Café – Desenvolvido pela Embrapa Café, no contexto do Agropensa da Embrapa, tem como objetivos principais coletar, analisar e disseminar, de forma sistemática, dados estatísticos, informações sobre tendências de produção e consumo, oportunidades e ameaças dos mercados e possíveis trajetórias do processo de inovação, além de resultados de pesquisas realizadas pelo Consórcio Pesquisa Café e suas implicações para a competitividade do agronegócio cafeeiro e ainda subsidiar políticas públicas e a tomada de decisão pelos diversos protagonistas do setor.

No Observatório do Café estão disponíveis, entre outros, as seguintes publicações, documentos e análises das instituições integrantes e parceiras do Consórcio Pesquisa Café: Relatório de Atividades da Embrapa Café - 2012 a 2015Revista Coffee SciencePublicações Técnicas (com informações sobre tecnologias desenvolvidas pelas instituições consorciadas); imagens e vídeos sobre cafeiculturaInforme Estatístico do Café; Valor Bruto da ProduçãoRelatório Internacional de Tendências do CaféRede Social do CaféClipping do Café do ConsórcioSAC – Consórcio Pesquisa CaféAcompanhamento da Safra BrasileiraRelatório Final de Levantamento de Estoques Privados de CaféEvolução do Consumo InternoTendências de Consumo de Café no BrasilRelatório sobre Mercado de CaféRelatórios de Atividades da Embrapa Café e Sistema de Informação do Café disponível – SBICafé, entre outros.

Inscreva-se gratuitamente para participar do IX Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil, 24 a 26 de junho, Curitiba (PR) - O tema central é "Consórcio Pesquisa Café - Oportunidades e novos desafios". O evento será realizado em Curitiba-PR, de 24 a 26 de junho. Para essa edição, conta com o Instituto Agronômico do Paraná – IAPAR como anfitrião e apoio do Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural - Emater-PR. Para se inscrever, acesse o site do evento (http://www.simposiocafe.sapc.embrapa.br).

Para saber mais sobre o Consórcio Pesquisa Café, a Embrapa Café, o Bureau de Inteligência Competitiva do Café e o Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil, acesse:

http://www.consorciopesquisacafe.com.br/

https://www.embrapa.br/cafe

http://www.icafebr.com.br/

http://www.simposiocafe.sapc.embrapa.br


Gerência de Transferência de Tecnologia

Texto: Flávia Bessa - MTb 4469/DF e Lucas Tadeu Ferreira – MTb 3032/DF, com informações do Bureau de Inteligência Competitiva do Café

Conntatos:  Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.  / 61 3448-1927

Sites: www.embrapa.br/cafe e www.consorciopesquisacafe.com.br